Corredores de migração

Brasil Haiti Costa do Marfim Burkina-Faso Etiópia África do Sul China Gana Egito Jordânia Nepal Malásia Click a corridor to explore

O MIDEQ analisa a migração Sul-Sul em seis 'corredores' que ligam o país de origem e destino dos migrantes:

  1. Burkina Faso-Costa do Marfim
  2. Etiópia-África do Sul
  3. China-Gana
  4. Egito-Jordânia
  5. Nepal-Malásia
  6. Haiti-Brasil

Os corredores são usados ​​como um dispositivo de enquadramento e metáfora para entender o movimento de pessoas, bens, dinheiro, conhecimento e habilidades entre dois lugares com dinâmicas socioculturais, econômicas, políticas e históricas que transcendem as fronteiras nacionais.

Nosso foco nos corredores de migração nos permite examinar as relações dentro e entre os países, contrariando o foco de muitas pesquisas sobre migração em processos e resultados em países individuais.

Fazemos isso da seguinte maneira:

  • Comparando experiências, processos e resultados dos migrantes
  • Explorando as relações complexas e algumas vezes contraditórias entre os países
  • Entendendo os 'efeitos de onda' da migração entre os países do Sul global e
  • Desenvolvendo entendimentos teóricos e empíricos da relação entre migração, desigualdade e desenvolvimento

Burkina Faso – Costa do Marfim

Etiópia - África do Sul