Os fluxos de recursos entre os migrantes, suas famílias e comunidades em geral incluem dinheiro (remessas, investimento na diáspora), comércio (bens, serviços) e conhecimento (tecnologia, habilidades, recursos de negócios).

Esses fluxos afetam diretamente as desigualdades de renda e riqueza, o comportamento de consumo e investimento e o potencial de crescimento econômico e de emprego, nos países de origem e de destino.

Embora a pesquisa e a atenção política às remessas tenham aumentado significativamente, não houve foco suficiente nos migrantes como proprietários, gerentes e financiadores de empresas nos países de origem ou de destino. Também houve uma análise limitada da importância da migração para os fluxos de conhecimento entre os países de destino e de origem, especialmente quando os dois países estão no Sul Global.

Nossa pesquisa examina:

  • Os fluxos de recursos entre países de destino e origem, incluindo composição, tamanho, mecanismos de transmissão e interações entre fluxos.
  • Empresas ligadas a migrantes, diásporas e repatriados, como proprietários, gerentes, financiadores ou promotores, nos países de destino e de origem.
  • Os mecanismos e impacto dos fluxos de negócios, conhecimentos profissionais e técnicos e de habilidades entre os países de destino e de origem no crescimento das empresas e em processos mais amplos de desenvolvimento econômico e social nos dois países.

O time

Professor Godfred A. Bokpin

N'Goh N'Goran Konan Nana

Dr Tebkieta Alexandra Tapsoba