Os elos entre gênero e migração são bem compreendidos, com uma extensa pesquisa sobre a alta natureza de gênero dos fatores de migração, dinâmica e impactos associados aos processos de transformação da sociedade. O papel das normas de gênero na definição das decisões migratórias sobre quem fica, quem se muda e como os recursos são alocados também é bem compreendido.

Muito menos atenção foi dada às abordagens intersetoriais e à dinâmica comparativa dos processos e resultados de gênero no contexto da migração Sul-Sul. Procuramos corrigir um viés existente em relação aos países de destino, examinando os países de origem e os campos sociais transnacionais. Também vamos além do foco no trabalho doméstico para setores negligenciados, como produção, agricultura e turismo, nos quais existem padrões de gênero de emprego migrante.

Nossa pesquisa examina:

  • Como as ideologias e desigualdades de gênero influenciam e alteram as oportunidades e os resultados da migração.
  • Como as desigualdades de gênero afetam o acesso a direitos e recursos nos países de origem e de destino.
  • Acesso a remédios legais e outros para mulheres migrantes e suas famílias.

O time

Daniel Martins de Araújo

Professor Mariama Awumbila